Carregando...

Autoridades prestigiam abertura do Seminário Nacional do Desporto Escolar

Autor: ASCOM
Visitas: 39

30/03/2018

Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Google+ Compartilhe no WhatsApp

Autoridades prestigiam abertura do Seminário Nacional do Desporto Escolar

Sucesso absoluto, a solenidade de abertura do VII Seminário Nacional de Desporto Escolar, evento que aconteceu em Aracaju entre os 30 de março e 1º de abril. Promovido pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), o evento contou com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e da Juventude (SEEL) e do Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Juventude e Esportes (SEJESP).

A cerimônia de abertura aconteceu no auditório principal do Quality Hotel, em Aracaju e contou com as presenças de autoridades e desportistas locais, secretários e gestores estaduais e municipais de esporte e presidentes das 27 federações estudantis, entre outras. A solenidade, teve como principal destaque, o ex-atleta da Seleção Brasileira de Voleibol, Giba, o palestrante da noite. O cipriota Nicos Megalemos, presidente da ISF para o continente europeu, foi a presença internacional do evento.

O deputado federal, Fábio Mitidieri (PSD-SE), vice-presidente da Comissão de Esporte da Câmara Federal, ardoroso defensor das causas do desporto escolar foi o primeiro orador da noite. Relator da Lei que regulamenta a transferência de recursos da loteria esportiva, para apoio e incentivo do desporto escolar, o deputado destacou a CBDE como uma jovem entidade, pois com apenas 17 anos, muito tem feito e ainda fará em prol do desenvolvimento do desporto escolar no Brasil.

- Sempre fui um desportista e tenho honrado o meu mando em defesa das causas do esporte. Vejo no desporto escolar, o caminho para transformação do jovem brasileiro em homens honrados e dignos cidadãos. Por isso, estarei sempre disposto a levantar a bandeira em favor do esporte escolar. A transferência de recursos das loterias federais para investimento no setor é a minha bandeira no momento. Trata-se de um método de política pública voltada para o esporte, já aplicada com sucesso em diversos países, como por exemplo a Inglaterra – pontuou Fábio Mitidieri.

 O presidente em exercício da CBDE, Robson Aguiar, agradeceu a presença do público, enalteceu a participação dos presidentes de federações estaduais na Assembleia Geral da entidade, realizada durante o dia e chamou a atenção das autoridades para a relevância dos temas debatidos. “Vamos investir no desporto escolar. Além de formar atletas, estamos formando cidadãos para o desenvolvimento deste país”, destacou Robson Aguiar.

Representando o Governador Jackson Barreto, o secretário estadual de esportes e presidente licenciado da CBDE, Antônio Hora Filho, falou da grandiosidade do VII Seminário Nacional do Desporto Escolar, que ele considera o fórum ideal para debate dos problemas desse segmento, objetivando a criação de políticas públicas para o esporte.

O secretário Antônio Hora, destacou a nova fase da CBDE, com o impulso tomado a partir de 2014, que gerou um número maior de participações de equipes brasileiras em competições internacionais, com memoráveis conquistas. “O Brasil é reconhecidamente, uma potência mundial no desporto escolar. Campeão mundial em diversas modalidades, o país foi campeão da Gymnasíade, a Olimpíada Escolar, em 2016 na Turquia. O trabalho está muito bem segmentado em sua base, o nosso topo também está bem representado”, elogiou.

Esperada com grande expectativa pelos presentes, o destaque da noite foi a palestra preferida pelo ex-atleta Giba. Uma palestra que misturou temas de autoajuda e interação com o público. Durante sessenta minutos, o ídolo brasileiro falou da sua vitoriosa carreira esportiva, dos sucessos alcançados, também dos insucessos. “No início da minha carreira, fui cortado de uma “peneira” por não atingir a altura mínima exigida pelo projeto. Mas não desisti. Segui em frente, na busca incessante dos meus objetivos”, lembrou o medalhista olímpico.

 Giba falou ainda dos motivos que o levaram a desenvolver o Projeto Gibinha, que evoluiu para o motivacional: “Giba neles – A trajetória de um campeão”. Ao longo da palestra, falou das suas origens humildes, das dificuldades enfrentadas. Giba arrancou risos da plateia quando falou das suas passagens no exterior. “Enfrentei frio de -50º na Rússia. Quando estava com -6º a gente saia de casa para passear, mas o nariz congelava. Pouco importava se no Rio de Janeiro estava com um clima de 30º. Naquele momento foi a Rússia que eu escolhi jogar. Comer churrasco em Paris. Nem Pensar!”.

- O futuro do Brasil está no esporte praticado na escola – concluiu Giba, lembrando que conheceu o voleibol, através das aulas de educação física na escola pública no Paraná.

Muito tietado pelos fãs, Giba se mostrou cordial. Em nenhum momento se negou ao uma foto, uma selfie, ou até mesmo um autografo, solicitado pelo público, para marcar sua passagem em Aracaju, onde prometeu retornar. “É a primeira vez que venho a Aracaju. Mas pretendo retornar em breve. Da próxima vez, virei com a família para conhecer melhor essa linda e acolhedora cidade”, revelou o campeão.

A solenidade de abertura do VII Seminário Nacional de Desporto Escolar foi encerrada com uma recepção de boas-vindas aos palestrantes, congressistas e convidados.