ico Carregando...
Logo SEEL

Governo do Estado apoia integralmente o Campeonato Mundial Universitário de Xadrez

Autor: ASCOMVisitas: 107
06 de setembro de 2018

Twitter Facebook WhatsApp WhatsApp

Imagem de Capa

Aracaju recebe entre os dias 12 e 18 deste mês, o World University Chess Championship – WUC Chess 2018, competição promovida pela Federação Internacional Universitária (FISU), com chancela da CBDU e FAES e total apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e da Juventude (SEEL).

É a primeira vez que o Campeonato Mundial Universitário de Xadrez acontece no Brasil. Além do Brasil, mais 12 países participam da competição, países com contradição nesse esporte, como Suíça, França, Eslováquia, República Tcheca, China, EUA, Índia, Peru, Sri Lanka, Polônia, Sérvia e Argentina. As delegações começam a chegar a Aracaju na próxima segunda-feira, 10 de setembro.

Nos últimos dias aconteceram reuniões constantes entre a equipe técnica da Seel e dirigentes da FAES, ultimando os detalhes, para que a competição seja revestida de pleno sucesso. “Sergipe mostra mais uma vez, sua tradição em promover com sucesso eventos esportivos internacionais. Como sempre, o Governo do Estado através da Seel se esmera para que essa tradição seja mantida e novos eventos aconteçam em nosso estado”, disse o secretário Antônio Hora.   

“É com muita felicidade que a CBDU recebe na próxima semana, o Mundial Universitário de Xadrez, modalidade esportiva que nós não havíamos trazido ainda para o país, mas que com certeza promoverá o fomento desse esporte dentro do Brasil”, destacou o presidente da CBDU, Luciano Cabral.

Segundo Flávio Mendonça, presidente da FAES, a competição será realizada no auditório do Hotel Orion, na Orla de Atalaia e será aberta ao público. “Caprichamos na promoção desse evento. Contamos com o apoio da Seel. Com certeza a competição será revestida de pleno sucesso. A solenidade de abertura está marcada para as 19h da quarta-feira, dia 12 no Hotel Orion. O Brasil não tem tradição nesse esporte, mas garanto que nossa seleção vai brigar pela conquista de medalhas”, concluiu Flávio Mendonça.